Comunicação interpessoal e a história do sofá emperrado

Um ponto importante na comunicação interpessoal é o respeito para com as pessoas.

Não sei se vocês conhecem a história do sofá emperrado, é uma história simples que li na internet e desejo compartilhar com vocês.

                Um homem estava tentando mover seu sofá quando este ficou emperrado na porta de entrada da sua casa. Decidiu chamar o vizinho para lhe ajudar. Empurra daqui, puxa dali, e nada do sofá desemperrar. Depois de muito tempo tentando, já exaustos, o vizinho exclamou: “Não tem jeito. Acho que nunca vamos colocar isso para dentro! ” E o dono do sofá disse, olhando perplexo para o vizinho: “ Para dentro? ”

                Se vocês se identificaram de alguma maneira com esta história saiba que ela é muito comum tanto na nossa vida pessoal como profissional.

                A comunicação interpessoal pode ser definida como todo o processo em que precisamos trocar informações e o mais importante precisamos que estas sejam entendidas por duas ou mais pessoas, geralmente a nossa intenção é transmitir uma mensagem para essas pessoas ou influenciar o comportamento destas, muito usado quando exercemos o papel de líder.

                No âmbito pessoal sempre precisamos da comunicação para poder falar com nossa família. Estamos todo o tempo nos comunicando com nossos pais, esposa (marido), filhos, irmãos e amigos e quantas vezes não somos compreendidos ou não compreendemos, as vezes penso que a dificuldade é nossa pois muitas vezes não sabemos falar e muito menos ouvir.

                No campo profissional também precisamos de muita habilidade de comunicação pois estamos todo o tempo nos comunicando quer seja através da fala ou escrita, dizendo o que precisamos ou escutando o que querem de nós. Nesse campo também temos a impressão de que não somos compreendidos ou não compreendemos.

                Para que a comunicação seja feita sem ruídos precisamos ouvir melhor, falar mais claramente, usar a linguagem certa para cada tipo de pessoa ou assunto, falar apenas o necessário e verificar se a pessoas (as) compreenderam a mensagem e repetir com cortesia se por acaso elas não entenderam. O importante é saber primeiro se o “sofá” é para ser colocado para dentro ou para fora.

Outro ponto muito importante é o respeito para com as pessoas. Cada uma tem seu tempo e modo, seja de falar ou compreender embora algumas pessoas tenham dificuldades de compreender até o que falam! Para isso a boa notícia é que essas podem ser treinadas.

                Vamos refletir sobre isso!

Pedro Paulo Galindo Morales é Graduado em Gestão, Pós-Graduado em Controladoria e Técnico em Contabilidade. Atua também como Coordenador de conteúdo do blog Falando de Gestão   www.pedropaulomorales.com, pedropaulomorales@yahoo.com.br

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s