A Lição do Pouso do Avião no Rio Hudson para o mundo corporativo

Para alguns você pode ser herói e para outros pode ser culpado

Por Pedro Paulo Morales

O filme “SULLY – O HERÓI DO RIO HUDSON” sobre o acidente de um avião ocorrido em 2009 quando uma revoada de pássaros atinge as turbinas da aeronave pilotada por Chesley “Sully” Sullenberger (no filme, Tom Hanks) traz uma lição importante para o mundo corporativo.

O que mais chama a atenção no filme é que mesmo tendo salvado 150 passageiros que estavam a bordo do avião e ter se tornado um herói nacional “Sully” enfrentou um rigoroso julgamento interno coordenado pela agência de regulação aérea nos Estados Unidos. Continuar a ler “A Lição do Pouso do Avião no Rio Hudson para o mundo corporativo”

Cultura da Exigência

Não sabemos o que virá por aí porem a Cultura da Exigência sempre existirá

Por Pedro Paulo Morales

Negócios, Empresário, Masculino

Hoje muito se fala em cumprir metas e atingir resultados, estas duas condições são essenciais para o sucesso empresarial e vem garantindo através do tempo o desenvolvimento das empresas e do mundo. Podemos chamar esses dois pré-requisitos de pilares da Cultura da Exigência pois são atitudes que sempre serão cobradas pelos stakeholders de uma empresa. Continuar a ler “Cultura da Exigência”

Conheça o Ciclo OODA – Observar, Orientar , Decidir e Agir

O Ciclo OODA é usado quando temos que tomar decisões rápidas

Por Pedro Paulo Morales

Ciclo OODA

Quando falamos em estratégia sempre lembramos de conceitos básicos como Análise SWOT , Visão, Valores , Missão ou Ciclo PDCA mas existe um ciclo que também é muito usado quando precisamos tomar decisões rápidas, o nome dessa ferramenta é o Ciclo OODA um acrônimo que quer dizer Observar, Orientar, Decidir e Agir. Continuar a ler “Conheça o Ciclo OODA – Observar, Orientar , Decidir e Agir”

O estilo de gestão de Jorge Jesus

Por Pedro Paulo Morales

Será que não falta em nossas empresas um pouco do estilo de gestão de Jorge Jesus?

Desporto, Lazer, Futebol, Formação, Bola

Em uma época onde o estilo de gestão de pessoas está se tornando mais “light” um jeito de gestão vem se destacando, ao menos no mundo do futebol: O Estilo JJ, um modelo de fazer gestão onde o que vale é uma dose de pressão por resultados.

Ninguém no mundo do futebol discute que o treinador Jorge Jesus é extremamente focado em resultados e tem como ponto a seu favor uma alta dose de perfeccionismo, não admite falhas de seus jogadores e resiliência para treinar, treinar e treinar quantas vezes seja necessário, até que os jogadores atinjam níveis de excelência. Continuar a ler “O estilo de gestão de Jorge Jesus”