O Uso do Balanced Score Card na empresa mais importante

Por Pedro Paulo Galindo Morales

Os estudos sobre o Balanced Scorecard iniciaram-se na década de 1990, foram desenvolvidos pelos professores da Harvard Business School, Robert Kaplan e David Norton. Esta metodologia surgiu motivada pela crença de que os instrumentos de medição do desempenho das empresas existentes, apoiados nos indicadores contábeis e financeiros, estavam se tornando obsoletos.

Balanced Score Card significa “painel de controle equilibrado”, é considerado um novo instrumento para acompanhar os indicadores de desempenhos derivados da estratégia da empresa, sem menosprezar os indicadores financeiros de desempenho do passado, o BSC é capaz de traduzir a missão e a estratégia em um conjunto abrangente de indicadores que quando equilibrados entre si, e interpretados pela direção da empresa, conseguem mostrar se a organização esta na direção correta para chegar à visão planejada.

Esses indicadores foram desenvolvidos pra atender as 4 perspectivas contidas no BSC que são: Financeira, Clientes, Processos Internos e Aprendizado e Crescimento passando assim a refletir o equilíbrio entre os objetivos de longo prazo e curto prazo, formam uma relação de causa e efeito, fazendo com que a soma dos indicadores econômicos (tradicionais) e indicadores focados em ativos intangíveis (derivados do BSC) resultam em valores futuros para a organização.

Uma pesquisa encomendada pela consultoria profissional Regus constatou que os trabalhadores brasileiros estão conseguindo encontrar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, mais da metade dos profissionais entrevistados gosta do seu trabalho (81%) e está satisfeita com a quantidade de tempo disponível para ficar em casa ou para cuidar de assuntos pessoais (51 %), confirmando assim a necessidade que as pessoas têm de ter uma vida equilibrada.

Assim como as empresas, as pessoas precisam de um objetivo para viver, precisam medir se as ações que estão praticando hoje vão conduzi-las aos objetivos propostos. Esses objetivos variam muito durante a vida. No inicio queremos apenas nos alimentar depois queremos o amor do pai da mãe, das pessoas ao nosso redor, do primeiro amigo (a), da primeira namorada (o) enfim queremos ter um circulo de relacionamento. No campo material o primeiro desejo é ter aquele brinquedo que novo que aparece na televisão, aquela mochila da moda, aquele carro ultimo tipo ou aquela casa com piscina. Quando vamos escolher uma profissão geralmente escolhemos aquela em que podemos ganhar muito dinheiro, deixando em segundo plano o prazer pelo que se faz, depois vivemos a nos lamentar, passamos a não ter mais caminho, nos sentimos como um barco a deriva.

A vida é muito complexa como uma empresa, estamos sempre criando objetivos e metas e, muitas vezes, não dividimos a nossa vida de acordo com perspectivas esquecendo que temos vários papeis a desempenhar como o de pai (mãe), filho (a), marido ou esposa, profissional, amigo e muitos outros, uma das nossas maiores dificuldades é medir os resultados alcançados em cada papel desempenhado.

Na verdade, temos apenas uma vaga ideia do papel que gostaríamos de desempenhar em varias dessas perspectivas acima. Com tantos papeis a desempenhar precisamos de um instrumento que nos ajude a viver uma vida equilibrada.

Já que pessoas e empresas podem ser comparadas, e ambas têm planos, objetivos, metas e perspectivas, o BSC pode ser usado para acompanhar nossos indicadores pessoais para encontrarmos o equilíbrio entre as várias perspectivas de nossa vida.

A seguir comparamos o BSC de uma empresa e de uma pessoa.

Perspectivas BSC nas empresas.

Clientes: Pessoas interessadas nos produtos da empresa, como eles veem nossos produtos.

Financeira: Como é que aparecemos aos nossos acionistas que lucro a empresa é capaz de produzir?

Aprendizado e crescimento: Como podemos melhorar e criar valor para nossos clientes e acionistas.

Processos internos: Como estão nossos processos e em que temos que melhorar para conseguir nossos objetivos

Perspectivas BCS na empresa mais importante.

Clientes: Nossos filhos, esposa (o), pai, mãe, amigos e outras pessoas que se relacionam conosco.

Financeira: Quais os nossos planos para o futuro, comprar uma casa, um carro ou fazer uma viagem.

Aprendizado e crescimento: Como está nossa capacidade de aprender coisas novas, inovar ou agregar valor a nossa vida pessoal e profissional. Nessa perspectiva temos também a nossa espiritualidade.

Processos internos: Como está nossa saúde, metabolismos e a capacidade de nos organizarmos.

Como vimos podemos utilizar o Balanced Score Card como instrumento facilitador para medir como estamos executando as ações que farão chegar aos nossos objetivos. Mas apenas teremos sucesso se conseguirmos equilíbrio entre várias perspectivas de nossa vida.

Vamos refletir sobre isso!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s