Conheça o Ciclo OODA – Observar, Orientar , Decidir e Agir

O Ciclo OODA é usado quando temos que tomar decisões rápidas

Por Pedro Paulo Morales

Ciclo OODA

Quando falamos em estratégia sempre lembramos de conceitos básicos como Análise SWOT , Visão, Valores , Missão ou Ciclo PDCA mas existe um ciclo que também é muito usado quando precisamos tomar decisões rápidas, o nome dessa ferramenta é o Ciclo OODA um acrônimo que quer dizer Observar, Orientar, Decidir e Agir. Continuar a ler “Conheça o Ciclo OODA – Observar, Orientar , Decidir e Agir”

O estilo de gestão de Jorge Jesus

Por Pedro Paulo Morales

Será que não falta em nossas empresas um pouco do estilo de gestão de Jorge Jesus?

Desporto, Lazer, Futebol, Formação, Bola

Em uma época onde o estilo de gestão de pessoas está se tornando mais “light” um jeito de gestão vem se destacando, ao menos no mundo do futebol: O Estilo JJ, um modelo de fazer gestão onde o que vale é uma dose de pressão por resultados.

Ninguém no mundo do futebol discute que o treinador Jorge Jesus é extremamente focado em resultados e tem como ponto a seu favor uma alta dose de perfeccionismo, não admite falhas de seus jogadores e resiliência para treinar, treinar e treinar quantas vezes seja necessário, até que os jogadores atinjam níveis de excelência. Continuar a ler “O estilo de gestão de Jorge Jesus”

Erro X Defeito X Falha

Por Pedro Paulo Morales

Perdedor, Falha, Conselho, Medroso

Muitos profissionais ficam apreensivos quando cometem erro e as vezes se condenam por isso ou até mesmo são punidos com advertências ou até mesmo com a perda de seus empregos.

Sempre fiquei com duvida se quando cometo um erro foi um falha , um defeito no meu trabalho / processo. Para acabar com essa duvida resolvi pesquisar as três palavras erro, falha ou defeito e descobri que existem três situações diferentes de classificação quando algo da errado, vamos a elas:

Continuar a ler “Erro X Defeito X Falha”

Um bom desempenho depende de um bom líder

O sonho de qualquer pessoa que assume uma posição de liderança é ter uma equipe de alto desempenho. Muitos líderes erroneamente “delargam” para a equipe essa missão, não orientam, não conversam com a equipe e com o passar do tempo, quando a equipe não atinge esse patamar, começam a se lamentar e a perguntar pelo qual motivo a sua equipe não tem aquele famoso “brilho nos olhos” e não atinge resultados. Continuar a ler “Um bom desempenho depende de um bom líder”