Cuidado para não implodir

Pedro Paulo Galindo Morales.

Por analogia podemos levar esse pensamento para a nossa vida.

Quando queremos demolir um prédio precisamos “implodir” o edifício, ou seja, fazer com que sofra um colapso sobre sua base. Os engenheiros responsáveis pela demolição colocam cargas de explosivos em diferentes andares do edifício, de modo que sua estrutura caia verticalmente em diversos pontos e assim não se corre de atingir outros prédios ou casas.

Por analogia podemos levar esse pensamento para a nossa vida, muitas vezes sofremos com um transito estafante nas grandes cidades, estamos muito atarefados no trabalho, ou nos irritamos porque o tempo não é suficiente para realizar tudo que planejamos para um determinado dia.

Todas essas sensações que experimentamos todos os dias faz com que o nosso corpo e alma se sinta pressionado frente à determinada situação, queremos muitas vezes abandonar nosso emprego, sair de um casamento, abandonar um namoro ou simplesmente fugir para bem longe, pensando que não encontremos os mesmos problemas porem o problema talvez não esteja nos outros ou em  nosso trabalho, mas em nós mesmos.

Quando apenas ficamos calados aguentando todas as coisas que não gostamos, sem uma explosão de raiva, começamos um lento processo de implosão, ou seja, começamos sofrer um colapso em nossa base.

Esse colapso causa um desgaste emocional, o conhecido estresse e podem trazer consequências graves, dependendo da predisposição orgânica do indivíduo, o estresse pode causar desde transtornos psicológicos como falta de vontade de fazer as coisas, ansiedade e até manifestações físicas e mentais como úlceras, infarto, câncer e tentativa de suicídio além de problemas com drogas e álcool.

Esse processo pode levar a pessoa a uma verdadeira “implosão”, onde todos os sintomas do estresse e depressão podem prejudicar a carreira profissional, casamento, relações com filhos, parentes, amigos e colegas.

Muitas vezes podemos nos valer de um processo controlado de explosão que é um processo que acontece de dentro para fora. Como a implosão, ele pode ser controlado para não atingir violentamente pessoas que gostamos ou respeitamos, pois se errarmos em um momento de explosão pessoal, podemos colocar tudo a perder.

O segredo para não implodir ou detonar tudo de uma vez pode estar no bom senso que precisamos ter para realizar pequenas explosões durante a sua vida com a finalidade de não guardar tudo apenas para você, uma boa dica é dividir seus problemas com os outros, isso pode ajudar a você a viver melhor.

Implodir, explodir ou detonar é uma decisão sua! Apenas cuidado para não se machucar ou machucar os outros.

Vamos refletir sobre isso!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s