Gestão “Pra Já”

pexels-photo-277463

É certo que as empresas devem ser ágeis para manter a competitividade no mercado onde atua. O que tenho visto nas empresas são verdadeiras fixação para que tudo seja feito de uma maneira mais rápida possível e para complicar não é apenas um processo ou projeto, são vários projetos e processos ao mesmo tempo.

Essa urgência por mudanças vem causando um stress organizacional muito grande sobrecarregando tanto gestores, que não sabem lidar com tantas mudanças ao mesmo tempo como colaboradores que tem que implementar as mudanças sem terem recebidos treinamentos adequados. Continuar a ler

Anúncios

“Produtização” das soluções

As pessoas e não os softwares, são as que detém o verdadeiro conhecimento.

Um dos maiores problemas que vejo hoje nas empresas é a  “produtização” das soluções. “Produtizar” é tornar um produto, uma ideia ou serviço em um “best-seller” de vendas, ou seja, algo que já foi testado, aprovado pelo mercado e não precisará de muito esforço para vender esse produto. Continuar a ler

Também quero ser escravo

O que é trabalho escravo? Esta semana fomos “brindados” com a declaração de uma ministra de estado querendo receber dos cofres públicos um vencimento bruto de R$ 61,4 mil porque queria acumular o salário de desembargadora aposentada com a de Ministra. O pior não é isso , a Ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois (PSDB) ainda disse que por ganhar apenas R$ 33,7 mil do total das rendas ela considerava que estava realizando “trabalho escravo.

Continuar a ler

Gestão por radar

 

Na gestão por radar você antecipa os problemas e encontra soluções.

Todo mundo já viu um radar, mesmo que seja em filme. O primeiro radar surgiu em 1904 e foi inventado por Christian Hülsmeyer na Alemanha sem muito sucesso. Depois em 1934 Pierre David encontrou o estudo realizado pelo alemão e desenvolveu a partir desse estudo um sistema de alta frequência com o objetivo de localizar aviões. Continuar a ler