“Sofência” corporativa

Por Pedro Paulo Morales
O termo “sofrência” apareceu na informalmente na língua portuguesa. O termo é de origem incerta e se refere a um estilo musical que canta coisas sobre uma mistura de sofrimento e carência, mais especificamente “dor de cotovelo”. O seu maior representante é o cantor Pablo.

Tenho ouvido o termo “sofrência” ser usado também para denominar uma tarefa árdua ou um relatório confuso e cheio de detalhes que talvez não seja reconhecido como tal pelo seu publico alvo.

A “sofrência” no mundo corporativo esta cada vez mais intensa e o motivo para isso são prazos apertados , a pressão por resultados, carência de recursos e paranoia por custos mais enxutos.

A “sofrência” no mundo corporativo apenas vai acabar quando as empresas usarem um bom planejamento orçamentário, combaterem o desperdício de tempo e dinheiro e compreenderem que o ser humano não é uma maquina que basta apertar um botão e esta tudo feito. Enquanto isso não for entendido o sucesso do estilo “sofência” será um sucesso também no mundo corporativo.
Vamos refletir sobre isso!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s