O Mito de Sísifo

Conheça o Mito de Sísifo e como ele pode ajudar você a mudar de vida.

A história Sísifo, um personagem da mitologia grega filho rei Éolo,  considerado o mais habilidoso e esperto dos homens pode nós ajudar a promover mudanças em nossa vida. Ente suas habilidades estavam  o domínio muito bom da escrita usada para conter o roubo de seu gado. Sísifo certa vez resolveu marcar os cascos com letras para descobrir quem estava roubando seu gado e assim ao seguir as pegadas descobriu que Autólico era que roubava seu gado.

Sísifo foi também um grande rebelde e sempre estava arrumando confusão com os Deuses, Sísifo foi acusado de enganar Hades Deus da morte por duas vezes devido a sua astucia com que criava maneiras para sair das situações não favoráveis. Sísifo morreu de velhice e foi castigado por Zeus (Pai dos deuses) na mitologia grega a rolar eternamente uma grande pedra com suas mãos até o pico de uma montanha, sendo que toda vez que ele estava quase alcançando o topo, a pedra rolava novamente montanha abaixo até o ponto de partida quando Sísifo começavo tudo de novo.

Em 1941 Albert Camus, escritor e filosofo Francês nascido na Argélia publicou “O mito de Sísifo”, um ensaio filosófico onde o autor introduz a filosofia do absurdo onde começa a questionar os absurdos da vida e compara no ultimo capitulo do ensaio os absurdos existentes na vida dos homens a situação vivida por Sísifo, condenado eternamente a “rolar pedras” montanha acima e nunca chegar no topo.

Albert Camus apresentou o mito de Sísifo para que façamos uma reflexão sobre o que estamos fazendo em nossa vida profissional, quando trabalhamos em empregos que não nos agrada ou fazemos aquilo que não gostamos apenas para agradar outras pessoas. Para o Camus esse destino não é menos absurdo do que “rolar pedras” montanha acima e se torna trágico quando por uns raros momentos nos tomamos conscientes dessa situação.

Quando tomamos consciência vem à revolta, pois o personagem principal somos nós, damos conta que falta coragem para mudar a situação ou por medo do novo ou porque temos medo de perder aquilo que já conquistamos. Lembro-me daquela frase da musica “Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores” de Geraldo Vandré que diz “Quem sabe faz a hora. Não espera acontecer”. Mas qual é a hora?

É muito difícil dizer qual é a hora, afinal tudo tem seu tempo e cada pessoa tem sua hora, mas o importante é começar a mudar por algum ponto, mas comece devagar. Comece talvez mudando a posição de dormir, de como assiste aula, experimente comidas novas, outra marca de sabonete, aprenda um pouco todo dia, aprenda um novo processo dentro de sua empresa ou tenha curiosidade de olhar os manuais de procedimentos e o mais importante esteja aberto a novas ideias e crie suas próprias oportunidades tanto na vida pessoal como profissional, enfim experimente outras sensações, pois você não pode avaliar aquilo que não conhece.

A história Sísifo é uma boa maneira de pensarmos em mudança, é muito desconfortável fazer sempre a mesma coisa sem uma perspectiva de melhora ou desenvolvimento e por isso mude um pouco por vez em vez de reclamar ou tentar como Sísifo enganar as pessoas para tirar proveito da situação porque mudar faz parte da vida humana e “rolar as pedras” também, mas a diferença é que quando planejamos e realizamos a mudança raramente voltamos ao ponto de partida.

Vamos refletir sobre isso!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s