Sobre Liderança: Os Princípios de Liderança de O Monge e O Executivo

Por Pedro Paulo Galindo Morales.

Resumo: O artigo fala sobre liderança dos princípios de liderança servidora do Monge e o Executivo do autor James C. Hunter em seu livro “Como se tornar um líder Servidor” Capitulo 1.

Vamos falar neste espaço sobre liderança mais especificamente dos princípios de liderança servidora do Monge e o Executivo do autor James C. Hunter que iniciou sua carreira como na área de recursos humanos em Detroit, Estados Unidos e se tornou consultor na área trabalhista.

No começo Hunter trabalhou junto a diretoria das empresas tentando neutralizar pessoas que pensavam diferente do que as empresas achavam certo , pessoas que mobilizavam outras pessoas , que cobravam seus direitos ou exigiam melhores condições de trabalho .

Foi gasto muito tempo para tentar silenciar essas pessoas ate Hunter chegar à conclusão que essas tinham razão, o problema estava no estilo de liderança e não nos liderados.

Para o autor o maior indicador de saúde ou doença organizacional esta na liderança ou sua ausência e observa que existe semelhança entre empresas saudáveis e empresas doentes e a semelhança esta na liderança exercida dentro da empresa sendo assim Hunter decidiu descobrir se clichês com “O líder é responsável pelo crescimento ou declínio de qualquer coisa” , ‘Tudo começa no topo” ou “Não há equipes fracas apenas lideres fracos” tem algum fundo de verdade.

Hunter diz que a liderança nas instituições esta falha porque muitas vezes os lideres não se preocupam em dar as pessoas aquilo o que elas querem e não aquilo o que elas precisam e usam esse estilo de liderança quer seja na política, nas empresas com os filhos , na escola ou igrejas com o intuito de não gerar conflitos e não percebem que quando deixam de fazer isso não estão fazendo a coisa certa , estão cometendo falhas que como veremos mais adiante, esta falha é de caráter.

Para Hunter liderança é “A habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir objetivos comuns inspirando confiança por meio da força do caráter”.

Liderança não é gerencia, gerenciar é o que fazemos para planejar, organizar controlar e manter tudo em ordem. Liderar é quando inspiramos outras pessoas a fazer um bom trabalho envolvendo- as a ponto de elas colocarem seu coração, mente e espírito a serviço de um objetivo.

Para liderar não é preciso ser chefe, basta ter habilidade para influenciar as pessoas para o bem, ou seja, o líder deve ser capaz de deixar a sua marca na equipe e deveter consciência que o sucesso de uma em presa, equipe ou departamento depende do tipo de influencia que se faz junto as pessoas.

Liderança é muita responsabilidade, pois seres humanos são confiados aos lideres que devem ter a noção que estão interferindo na vida destas pessoas, nas suas carreiras, os lideres devem ser fonte de inspiração para que os liderados possam se desenvolver, o líder deve refletir sobre como influencia a vida dessas pessoas e repito aqui a citação a citação que Hunter faz do autor do livro Liderança é uma arte de Max Depree “Liderança é uma profunda interferência na vida de outras pessoas”.

Liderança é uma habilidade que pode ser aprendida e não depende de um fator genético , como toda habilidade ela deve ser aprendida, conquistada por meio da educação e aplicação bastando para isso uma combinação de desejo , instrumentos e ações apropriadas.

Liderar é influenciar pessoas para que elas façam as tarefas com entusiasmo e para que isso aconteça os lideres são escolhidos pelo caráter, que pode ser definido como as características que uma pessoa tem que ter frente a uma adversidade e o tipo de escolha que ela faz no dia a dia, entre o certo e o errado sendo que se espera que o líder escolha sempre o certo ignorando impulsos e caprichos independentes se há custos pessoais envolvidos ou não.

O bom líder deve ser avaliado pela capacidade que teve de influenciar a vida de outras pessoas, ou seja, ele deve olhar para o lado e descobrir como estão as pessoas que liderou e assim encontrar as respostas.

A liderança servidora não é para fracos e nem deve ser encarada como “entregar a direção do hospício aos doentes” e sim com uma liderança que deve oferecer orientação e condições para que as pessoas se sintam capazes de realizar a missão da empresa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s