Pessoas com deficiência: Cada um tem seu ritmo

Neste final de semana vi uma cena no transito que me deixou indignado. Um motorista de um carro buzinava sem parar atrás de um ônibus que estava parado, demorando a sair porque estava acionado a plataforma para um cadeirante ter acesso ao transporte público.

Não me contive e fui pedir para o homem ter mais paciência com a situação pois todos têm direito iguais de locomoção. O homem imediatamente parou de Continuar a ler

O mercado para portador de necessidades especiais

O mercado para portador de necessidades especiais ainda é novo e a cultura da sociedade ainda não acordou para certos aspectos como, por exemplo, a necessidade de a pessoa com necessidades especiais se profissionalizarem para conseguir um lugar no mercado, pois salvo as pessoas que possuem problemas graves de locomoção ou mentais, os demais problemas exigem muita determinação e coragem por parte da família e do próprio portador da necessidade especial para enfrentar e superar desafios e preconceitos existentes no mercado que os inibem quando o assunto é ter uma boa formação profissional. Devemos lembrar que a palavra necessidade conforme o dicionário quer dizer aquilo que é absolutamente necessário, ou seja, o que o individuo precisa para desempenhar as atividades, porem é preciso que a pessoa faça a sua parte se qualifique , corra atrás e faça a sua parte. É difícil, mas da certo.