Sobre Caráter e Mudança: Os princípios de liderança servidora do Monge e o Executivo.

Por Pedro Paulo Galindo Morales

O artigo fala sobre liderança dos princípios de liderança servidora do Monge e o Executivo do autor James C. Hunter em seu livro “Como se tornar um líder Servidor” Capitulo 7.

Continuando a série de artigos do livro “Como se tornar um líder Servidor” vamos falar sobre o capitulo 7 onde Hunter diz que caráter e personalidade devem ser considerados de maneira diferentes porem a liderança tem haver com o caráter.

A personalidade se desenvolve ate aos seis anos de idade e ela é uma combinação de quatro estilos: dominância, influencia, sobriedade e consciência (DISC), que é um dos métodos usados para se medir a personalidade.Um outro método para se medir a personalidade é o da “imagem social” em que consiste em medir o quanto a pessoa exibe de charme, joviabilidade e carisma.

A palavra caráter vem do grego e significa “gravar” sendo que uma das características do caráter é que ele continua a crescer e se desenvolver durante a vida toda e esta e uma de suas premissas é estar sempre ligado a fazer e a escolher as coisas certas. O nosso caráter é influenciado pela hereditariedade e pelo ambiente e variam de pessoas para pessoas cabendo a própria pessoa fazer as escolhas que moldarão o nosso caráter, estas escolhas nos levam a hábitos e esses nos levam a comportamentos e esses moldam nosso caráter.

As pessoas são capazes de mudar e as mudanças devem ser feitas para que as pessoas se desenvolvam e assim posam mudar para melhor. Conforme Hunter existe quatro estágios referentes ao processo de transformação humana são eles:

A)    Sofrimento (conflito) é o estagio em que a pessoa muda porque se sente desconfortável em uma situação;

B)     Percepção esta fase é que prestamos atenção em nosso comportamento e nos esforçamos para mudá-lo;

C)     Vontade = intenções + ações, neste estagio a pessoa deve ter vontade de mudar e deve agir de modo que suas atitudes sejam capazes de promover essas mudanças;

D)    Mudança quando a pratica de novos hábitos ao longo de um tempo transformam nosso comportamento porem deve-se ter consciência que neste estágio a pessoa tem que ser firme porque paradas e sobressaltos acontecem e retardam a mudança.

Para que um hábito seja mudado é preciso e incorporado ao nosso comportamento é feito também em quatro estágios:

A)    Estágio um: inconsciente e sem habilidade é quando não temos consciência do nosso comportamento;

B)     Estágio dois: consciente e sem habilidades quando não temos consciência de um comportamento, mas não temos habilidade para um bom desempenho;

C)     Consciente e com habilidade: é onde começamos a ter mais habilidades e conseguimos nos sentir mais confortáveis com novos comportamentos;

D)    Estagio quatro: inconsciente e com habilidades: é quando o comportamento se torna automático.

Para se extinguir um hábito de caráter leva-se em torno de seis meses o que podemos concluir que um novo comportamento leva seis meses para se desenvolver e tornar-se automático, com Hunter diz é tudo uma questão de escolha sendo assim vamos iniciar nossa mudança desde já.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s